Curso Superior Sequencial

Os Cursos Sequenciais constituem uma modalidade do Ensino Superior, na qual o aluno, após ter concluído o Ensino Médio, pode ampliar seus conhecimentos ou sua qualificação profissional. Destinam-se à obtenção ou atualização de qualificações técnicas, profissionais ou acadêmicas.
Os Cursos Sequenciais de Complementação de Estudos conferem Certificados que atestam conhecimento acadêmico em determinado campo do saber. Um curso dessa natureza tem um viés profissionalizante e deve ser oferecido como uma oportunidade diferenciada para a formação superior do indivíduo que desejar inserir-se mais rapidamente no mercado de trabalho.
O objetivo é possibilitar às pessoas que concluíram o nível médio uma rápida inserção no mercado, buscando um modelo de formação profissional, capaz de interagir no mercado de trabalho, proporcionando uma perfeita integração entre o mundo acadêmico e o setor produtivo.
As atribuições profissionais dos egressos de Cursos Sequenciais de áreas cujas profissões são regulamentadas serão definidas pelos respectivos órgãos reguladores do exercício da profissão.
A ideia do Curso Sequencial surgiu em 1996, pelo senador Darcy Ribeiro, que remeteu o documento à sede da UNESCO em Paris, apresentando seu projeto de Universidade Aberta do Brasil. A Lei de Diretrizes e Bases da Educação Nacional (9.394/96) – LDB, criou essa modalidade de ensino superior, que é regulamentada pela Resolução CES 01/99 (Câmara de Ensino Superior) e estabelece o Curso Superior de Complementação de Estudos, que oferece certificado, constituído, no mínimo, por três disciplinas ou outros componentes curriculares.